Célia Landmann integra, mais uma vez, lista de cientistas mais influentes do mundo

Célia Landmann Szwarcwald, professora do PPGICS e pesquisadora do Icict, do Laboratório de Informação em Saúde (LIS), foi mais uma vez citada como uma das pesquisadoras mais influentes do mundo, segundo o ranking da editora Elsevier publicado recentemente, intitulado Updated science-wide author databases of standardized citation indicators

Dos mais de 210 mil indicados, o Brasil aparece com 1.294 citações, ocupando a 25ª posição no ranking. A Fiocruz se destaca com 30 pesquisadores listados, à frente das universidades federais Unifesp e UFSC, com 26 citações cada; e a UnB, com 23. 

Para Celia Landmann Szwarcwald, a citação é o resultado de seu trabalho na Fundação Oswaldo Cruz: “como pesquisadora da Fiocruz, é gratificante trabalhar em uma instituição que permite escolher linhas de pesquisa com plena liberdade e desenvolver temas de relevância para melhorar a saúde coletiva e o bem-estar social.”. Ela também destaca que, como mulher, é uma representatividade importante: “fico muito feliz em fazer parte de um grupo de cientistas e de ter recebido esse reconhecimento pela minha carreira e pelo meu trabalho voltado à prevenção de doenças e outros agravos, possibilitando mais anos saudáveis de vida à população global.”

Em agosto, além de Celia Landmann Szwarcwald, outro professor do PPGICS e pesquisador entrou na lista internacional de cientistas, realizado pelo portal Research.com: Christovam Barcellos, também do LIS. Os dois ocupam respectivamente o 6º e a 27º lugares, na área de Ciências Humanas e Sociais. 

Célia Landmann

Foto de Celia Landamnn

Graduada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), mestre em Estatística e Matemática pela Universidade de Rochester (EUA) e doutora em Saúde Pública pela Fiocruz. Tem experiência  na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: HIV/Aids, mortalidade infantil e atenção básica, inquéritos populacionais e sistemas de informação em saúde. Pesquisadora da Fiocruz desde 1977, Szwarcwald coordenou a Pesquisa Nacional de Saúde - PNS, em 2013.

Célia Landmann já integrou outros rankings recentes de cientistas mais influentes do mundo - em 2020, foi listada em estudo publicado pelo Journal Plos Biology. No ano seguinte, despontou em levantamento feito pela Universidade de Stanford (EUA) e pela Editora Elsevier BV.  

Christovam Barcellos

Foto de Christovam Barcellos

Graduado em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é mestre em Ciências Biológicas pela UFRJ e doutor em Geociências pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atua na pesquisa e ensino de Geografia da Saúde, com ênfase em Vigilância em Saúde, principalmente nos seguintes temas: geoprocessamento, análise espacial, indicadores de saúde e sistemas de informações geográficas.

 

Crédito
Assessoria de Comunicação do Icict Fiocruz
Data de publicação
3 months 4 weeks atrás